Cooktop à Gás - GN ou GLP. Qual Escolher?

GN-ou-GLP-Fogao-Cooktop-1024x640[1].jpg

Quando chega a hora de comprar um coocktop a gás, o que você leva em cota? O modelo, a quantidade de bocas, os recursos, o custo-benefício ou tudo isso está na sua lista?

Bom, tudo isso é sim importante na hora de escolher o modelo ideal, aquele que realmente atenderá suas necessidades. Mas, já pensou comprar o cooktop a gás perfeito e não conseguir utilizá-lo?

Pois é, isso pode acontecer caso não confira qual o tipo de gás deverá utilizar no modelo escolhido. Então, fiquei atento! Antes de finalizar sua compra, preste atenção ao tipo de gás a ser utilizado.

Atualmente existem dois principais tipos de gás combustíveis utilizados nas residências do Brasil, que são eles:

  • GN (gás natural); e
  • GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

E para que não haja erro na hora de escolher o melhor cooktop, vamos explicar direitinho a diferença entre eles e, também, as vantagens e desvantagens de cada tipo de gás.

Gás Liquefeito de Petróleo – GLP

O GLP, também chamado de gás de cozinha, normalmente é fornecido em botijões e cilindros. Este gás é composto por propano e butano, elementos que são mais pesados que o ar e possui a tendência de se acumular em caso de vazamento.

Em sua forma pura ele não possui cheiro, por isso é adicionado a ele uma substância chamada mercaptan, que dá o cheiro característico de gás que conhecemos e faz com que nos alerte ao perigo de escapamento.

O GLP é mais fácil de armazenar e de transportar, por isso é o mais prático e econômico disponível no mercado. Sendo assim, não é surpresa que este tipo de gás ainda é o mais comum nas residências brasileiras.

Uma outra característica do Gás Liquefeito de Petróleo é produzir uma chama com menos estabilidade, caso compararmos com o GN. O resultado é um tempo maior para o cozimento dos alimentos. Isso não interfere de forma significativa no preparo de suas refeições, apenas pode acontecer uma variação no tempo de preparo no decorrer dos dias.

Gás Natural – GN

O Gás Natural, representado pela sigla GN, é basicamente composto por metano, mas também contém (em menor quantidade) butano e propano. Este tipo gás é um elemento mais leve do que o ar, isso faz com que normalmente ele se dissipe com mais facilidade quando há vazamento. Um ponto a mais de segurança que deve ser levado em consideração.

O GN é menos acessível do que o GLP, pois normalmente é fornecido apenas por meio de uma rede de distribuição encanada. Algo que é mais comum em prédios novos e cidades de grande porte.

Por ser um gás distribuído por encanamento, seu fornecimento fica por conta de uma companhia de gás e é pago mensalmente por meio de fatura, como no caso da água e da energia elétrica que consumimos (seja em casas ou em prédios, cada morador paga individualmente).

A vantagem do GN é que ele permite mais espaço livre em sua cozinha, ideal para pessoas que moram em prédios. Além de ser mais sustentável, o Gás Natural gera menos resíduos nos equipamentos em que é utilizado, fazendo com que o período entre manutenções seja maior. Outro benefício deste tipo de gás é que ele fornece uma chama mais estável, garantindo mais rapidez no preparo de alimentos.

Existe distribuição de GLP por encanamento?

Sim, existe! É mais comum em prédio mais antigos. E se este é o seu caso, é importante confirmar o tipo de gás que é fornecido, muitas vezes o síndico é capaz de responder esta questão. Sendo assim, tire esta dúvida antes de escolher o modelo de cooktop que deseja comprar.

O que acontece caso seja utilizado o cooktop para o tipo errado de gás?

Quando se utiliza o cooktop para o tipo errado de gás, o funcionamento do equipamento perde desempenho e apresenta mal funcionamento. Caso isso aconteça, as chamas ficam com um tamanho alterado e podem apresentar uma cor amarelada. Devido a desproporção do tamanho das chamas isso pode deixar as panelas pretas. Sem contar que seu manuseio deixa de ser algo seguro.

Independente da sua compra, lembre-se que é necessário fazer o aterramento elétrico do seu equipamento.

Posso converter um cooktop GLP para GN?

De acordo com o que foi dito anteriormente, ressaltamos que é importante saber que os modelos de cooktop feitos para GN não são compatíveis aos modelos GLP.

Comprou o tipo errado de cooktop ou vai mudar de residência? Não se preocupe, tem solução!

Caso seja feita uma compra errada, será preciso fazer a substituição do equipamento. Mas em outros casos, é possível realizar a conversão do aparelho, seja de GLP para GN quanto de GN para GLP.

A conversão pode ser feita por uma autorizada e é um procedimento fácil e normalmente é pago pelo próprio cliente. Mas, fique atento, algumas empresas produzem cooktops apenas para um tipo de gás e oferecem gratuitamente a conversão, desde que o aparelho esteja dentro do prazo de garantia.

Seja qual for a situação, tenha certeza de se informar sobre as possibilidades existentes que as lojas e fabricantes oferecem. Afinal, prevenir é sempre melhor do que remediar, não é mesmo?

Conclusão

GN ou GLP, qual é melhor? E então, chegou à mesma conclusão que a gente?

Pois é, o que entendemos é que não é possível escolher um cooktop pensando em qual tipo de gás é melhor. Afinal, este quesito deve ser levado em conta na hora da compra por outro motivo: o tipo de gás existente em sua residência!

Mesmo assim, seja GN ou GLP, lembre-se que existe a possibilidade de conversão. Desta forma, o tipo de gás não será um obstáculo para que você garanta o cooktop dos seus sonhos. Foque no modelo, na quantidade de bocas, nos recursos, no custo-benefício e... boa compra!